Pit Stop da Saúde atendeu cerca de 200 motoristas

A ação, realizada em comemoração ao Dia do Motorista (25 de julho), levantou dados sobre a saúde de profissionais da empresa

O cuidado com a saúde dos colaboradores da Usina Alta Mogiana é um assunto que está sempre em pauta, principalmente no que diz respeito à doenças crônicas, como a hipertensão e o diabetes. O Pit Stop da Saúde aconteceu nos dias 28 e 29 de julho, no Pátio Agrícola, e atendeu cerca de 200 motoristas da empresa, realizando aferição da pressão arterial e glicemia entre os participantes.


O papel do motorista é fundamental para a logística da empresa, são responsáveis pelo transporte de produtos e, principalmente, de pessoas e por isso manter a saúde em dia tem um peso ainda maior: é questão de segurança, para ele e quem está ao seu redor. Esse acompanhamento é extremamente importante e pode levar ao diagnóstico precoce de diversas doenças, bem como servir de alerta para que as pessoas passem a ter hábitos mais saudáveis, como uma alimentação mais regrada e a prática de esportes.

Promovida pela equipe de Comunicação e Marketing em parceria com a Medicina do Trabalho, a ação contou com a participação de alunos do curso de Enfermagem da FAFRAM (Faculdade Dr. Francisco Maeda) para realização dos atendimentos, acompanhados pela professora responsável e sob supervisão da equipe de enfermagem da Usina Alta Mogiana. Durante as aferições muitos colaboradores já buscaram orientações e, aqueles que apresentaram qualquer tipo de alteração, foram encaminhados para atendimento individual no ambulatório da empresa.


"Esse evento foi muito bacana, conseguimos organizar a parada dos motoristas (nas trocas de turnos) para que pudessem participar. Precisamos incluir essas ações em nossa rotina, fazendo isso mais vezes. Medir a pressão e o índice de glicemia no sangue, são simples medidas que demonstram o cuidado que a empresa tem com seus colaboradores. Porque saúde é tudo!” Milton Cássio Rezende (Analista de Logística)

"Essa ação ajudou no despertar de cada colaborador para uma autoavaliação, também contribuiu para encontrarmos possíveis novos casos, mesmo sem muitos sinais ou sintomas relacionados a diabetes ou alteração na pressão arterial. Foi uma importante oportunidade de promover uma conscientização em massa, onde o principal elemento é o individuo como um todo". Juliana Mara Goia Zefer (Enfermeira do Trabalho)


Saúde e segurança caminham sempre juntas, uma alimentação saudável, sono de qualidade e o controle da obesidade são práticas que garantem não só o bem-estar dos motoristas, como de todos.

942 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo