PEÇA SOBRE A IMPORTÂNCIA DA ÁGUA É ENCENADA NAS ESCOLAS ATENDIDAS PELO EDUCANDO PARA O FUTURO

Em escolas de Guará e São Joaquim da Barra, as apresentações foram gratuitas e aconteceram nos dias 04 e 05 de outubro .

Crianças de escolas públicas das cidades de Guará e São Joaquim da Barra (SP) tiveram a oportunidade de assistir ao teatro “Em busca da Gotinha Preciosa”, sobre a importância da água e sua preservação. As apresentações fazem parte do projeto “Diverte Teatro Viajante”, idealizado e promovido pela Ciência Divertida, com patrocínio da Usina Alta Mogiana e realização do Ministério do Turismo.

Escola Creso Antônio Filetti



Escola Adelaide Garnica

Escola Sylvio Torquato Junqueira


O espetáculo aconteceu nas escolas públicas Creso A. Filetti e Sylvio Torquato Junqueira, ambas de São Joaquim da Barra e Adelaide Garnica, em Guará. São escolas que atendem crianças de 7 a 11 anos, alunos de 1º a 5º anos, e que participam de um projeto de apoio à educação, idealizado pela Usina Alta Mogiana, em execução há 20 anos. Tradicionalmente, o projeto desenvolve um conteúdo anual, especial para o dia das crianças, que dessa vez foi adaptado para uma apresentação teatral.


 

“O nosso projeto Educando para o Futuro busca enriquecer o conteúdo além da sala de aula. Por exemplo, atualmente, 200 alunos dessas escolas recebem aulas semanais de música da Academia Livre de Música e Artes”, explica Giselle Cavallieri, analista de comunicação: “Os assuntos abordados no projeto fazem parte do dia a dia. A cada ano, levamos às escolas uma temática diferente, como educação financeira e saúde bucal. Desta vez, foi a água.”



 

Na peça, dois cientistas malucos passam por diversas aventuras relacionadas à água, como a travessia de oceanos, tempestades, e muito mais. Muito inteligentes, eles conseguem sobreviver usando o amplo conhecimento que possuem sobre a água e suas questões ambientais.

A encenação ficou por conta de dois atores e um sonoplasta da companhia Ciência Divertida, que utiliza métodos interativos e práticos para ensinar uma variedade de conceitos científicos, a preservação dos mananciais e o descarte correto de resíduos. Outro tópico foi a prevenção de doenças, como a dengue – cujo mosquito transmissor põe os ovos em água limpa parada – e a leptospirose, transmitida pela urina de ratos.

“Em busca da Gotinha Preciosa” ofereceu 6 apresentações, com cerca de 50 minutos, com um enredo cativante e cenário interativo. A plateia, ajuda nos experimentos e se diverte com os atores, que mostram: “a água não é apenas aquela coisa incolor, inodora e insípida que bebemos quando estamos com sede ou que no verão utilizamos para nos molhar, mas que é muito importante para o nosso dia a dia e que é necessário economizá-la para usufruí-la no futuro.”

91 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo