top of page

Parcerias para a Educação Ambiental são necessárias e transformadoras

Atualizado: 26 de jun.

Em maio e junho, diversas iniciativas sustentáveis envolveram colaboradores da Usina Alta Mogiana e a comunidade. 

 


Parcerias para a Educação Ambiental são necessárias e transformadoras

Atividades ambientais conjuntas são um marco no compromisso da empresa com a sustentabilidade e a educação ambiental. Ao integrar a comunidade e as escolas locais em iniciativas práticas e educativas, a Usina Alta Mogiana promove a conscientização ambiental e inspira as futuras gerações a adotarem práticas mais sustentáveis em suas vidas diárias.


Firmando parcerias com o objetivo de promover a conscientização, a empresa organizou visitas educativas, parcerias estratégicas e abordagens práticas que beneficiaram tanto o meio ambiente quanto a formação dos jovens participantes. Assim, é possível reafirmar o compromisso com a sustentabilidade e a educação ambiental, engajando a comunidade e formando cidadãos conscientes e responsáveis pelo futuro do nosso planeta. 


 

Parceria com a Brejeiro e a troca de óleo usado


A parceria entre a Usina Alta Mogiana e a Brejeiro – Produtos Alimentícios Orlândia, já é sucesso e aconteceu, mais uma vez, estrategicamente, para promover o descarte correto do óleo de cozinha saturado, e evitar impactos negativos causados pelo despejo inadequado desse resíduo. O projeto “Reviva o Óleo” não só contribui para a preservação ambiental ao destinar corretamente o óleo usado, mas também promove a conscientização sobre a importância da reciclagem. Durante a coleta, ainda houve distribuição de mudas de árvores à população, realizada pela equipe do Viveiro Florestal.



No dia 5 de maio, a Usina Alta Mogiana, recebeu colegas da Brejeiro em São Joaquim da Barra, com o objetivo comum de recolher o material usado. Durante a ação, realizada na na Garagem da empresa, os colaboradores e dependentes puderam trocar dois litros de óleo vegetal que sobra nas frituras domésticas, por um quilo de arroz ou um litro de óleo novo. Nessa data, foram arrecadados 835 litros de óleo usado. 


Uma novidade, foi a extensão da parceria aos alunos de três instituições, incentivando a comunidade escolar a adotar práticas sustentáveis. A Etec Pedro Badran e a classe descentralizada do SENAI de São Joaquim da Barra, arrecadaram, somados, 1.321 litros de óleo de cozinha saturado.


A atividade reforçou a educação ambiental, mostrando aos alunos como pequenas ações cotidianas podem ter um grande impacto positivo no meio ambiente, prevenindo a poluição dos corpos d'água e do solo. 


A Etec Prof. José Ignácio Azevedo Filho, de Ituverava, também participou ativamente desta iniciativa e proporcionou um relevante impacto social: a ação, realizada na praça central da cidade, resultou na impressionante arrecadação de 1.200 litros de óleo usado, que foram trocados por 300 quilos de arroz e 290 frascos de óleo novo Brejeiro.



Todo o arroz e óleo novo obtidos nessa data foram destinados às vítimas da enchente no Rio Grande do Sul, numa ação de conforto e esperança. O empenho dos alunos foi determinante, demonstrando que cada gesto pode fazer a diferença. 



 

Visita ao Viveiro Florestal promove educação ambiental 


A Usina Alta Mogiana possui um Viveiro Florestal de árvores nativas, desde 2003, com capacidade média de produção de 30 mil mudas por ano. Essas mudas são utilizadas para a manutenção de fragmentos florestais e Áreas de Preservação Permanente (APPs). Parte da produção é também destinada ao atendimento de produtores rurais e iniciativas de educação ambiental. 


Para mostrar mais essa importante operação, a empresa recebeu a visita de alunos das escolas Adelaide Garnica (Guará), Professor Creso Antônio Filetti e APAE de São Joaquim da Barra. Durante a visita, os estudantes tiveram a oportunidade de aprender sobre o processo de produção de mudas nativas, desde a coleta de sementes até o cultivo final, mostrando a importância da preservação das áreas de proteção permanente e fragmentos florestais. 


O viveiro, responsável pela produção anual de cerca de 30 mil mudas, é um exemplo prático de como a preservação ambiental pode ser integrada às operações industriais. Este contato direto com a natureza e o processo de reflorestamento reforçou a importância de cuidar do meio ambiente desde cedo. 


Os alunos puderam observar de perto a importância das áreas de preservação permanente e fragmentos florestais, entendendo o papel crucial que essas áreas desempenham na manutenção da biodiversidade e no equilíbrio ecológico. Além disso, aprenderam sobre os benefícios do reflorestamento e da arborização urbana, incentivando-os a valorizar e proteger o meio ambiente desde cedo. 



A visita foi planejada para ser uma experiência enriquecedora para esses alunos. No Centro de Treinamento, foram recebidos pela equipe do setor e por membros do Comitê Ambiental. Eles aprenderam sobre algumas práticas ambientais da empresa, incluindo o cuidado com os recursos hídricos e as técnicas de reaproveitamento da água nos processos industriais em circuito fechado.  


Depois, visitaram a área industrial, os armazéns de açúcar e ainda conheceram o importante trabalho da gestão de resíduos recicláveis, no Almoxarifado de Insumos. Na oportunidade, também foram relembrados conceitos elementares preservação e os 3Rs da sustentabilidade - Reduzir, Reutilizar e Reciclar. 


Ao longo do dia, o objetivo comum foi promover a educação ambiental, sensibilizar e instruir sobre a preservação do meio ambiente, o respeito às comunidades e a promoção de um ambiente coletivo sustentável.  



 

Simplificando o conceito de energia limpa 


Os membros do Comitê Ambiental da Usina Alta Mogiana fizeram uma importante participação no projeto Educando para o Futuro, realizando atividades educativas nas Escolas Professor Creso Antônio Filetti e Sylvio Torquato Junqueira, em São Joaquim, e Professora Adelaide Garnica, em Guará. Uma maquete lúdica da área industrial serviu de apoio para as explanações, construída pela APAE de São Joaquim da Barra, um verdadeiro presente da entidade para a empresa. 



Durante as interações com os colaboradores, os alunos aprenderam sobre o ciclo da cana, a produção de etanol como combustível renovável e a conversão do bagaço em energia elétrica. O objetivo foi explicar o processo de produção de energia limpa a partir da biomassa da cana-de-açúcar: uma fonte renovável de energia que contribui significativamente para a redução das emissões de gases de efeito estufa. A abordagem foi prática e interativa, permitindo que os estudantes compreendessem os benefícios ambientais e econômicos de fontes de energia sustentável.  


 

Mostra de brinquedos 


O Educando para o Futuro foi criado pela empresa em 2001, inicialmente oferecendo aulas de inclusão digital, com o intuito de colaborar. Reformulado, o projeto agora é multidisciplinar, oferecendo incentivo à leitura, ações de conscientização ambiental, orientações sobre os mais diversos temas e aulas de iniciação musical por meio da ALMA – Academia Livre de Música e Artes. 


Parcerias para a Educação Ambiental são necessárias e transformadoras

Complementando o programa voltado ao Meio Ambiente, os alunos das escolas participantes organizaram uma exposição de brinquedos feitos a partir de materiais reciclados. Os estudantes demonstraram muita criatividade e engajamento com a sustentabilidade. Trens, aviões, foguetes, carros, utensílios domésticos, instrumentos musicais e bonecos foram criados a partir de materiais que seriam descartados, como garrafas plásticas, papelão, retalhos de tecido e embalagens diversas. 



Além de destacar a importância da reciclagem e da reutilização de materiais, a atividade também mostrou como a educação ambiental pode ser integrada de maneira lúdica e criativa ao currículo escolar. Os alunos se envolveram ativamente no processo de criação, aprendendo sobre a importância de reduzir o desperdício e de dar um novo propósito aos materiais recicláveis. A iniciativa foi um sucesso, mostrando que a conscientização ambiental está longe de ser teórica e maçante, na verdade, pode ser muito divertida, útil e estar sempre presente no cotidiano. 

  

 

Compromisso contínuo com a sustentabilidade  


Todas as atividades ambientais desse período obtiveram sucesso em diversos aspectos. Elas promoveram a conscientização ambiental entre os jovens, incentivaram práticas sustentáveis e fortaleceram o compromisso da empresa com a preservação do meio ambiente.

  

As visitas educativas, as parcerias para a troca de óleo, as abordagens educativas sobre energia limpa e a exposição de brinquedos reciclados são exemplos claros de como a educação e a sustentabilidade podem andar de mãos dadas, criando um futuro mais verde e consciente para as próximas gerações. Parcerias e iniciativas que promovam a sustentabilidade e a educação ambiental, permitem que as futuras gerações tenham as ferramentas e o conhecimento necessários para proteger o nosso planeta. 


A empresa entende que a verdadeira mudança começa com a educação e o engajamento das comunidades locais. Ao investir em programas que promovem a sustentabilidade, a Usina Alta Mogiana está plantando as sementes para um futuro mais verde e consciente.  

 

 

Leia mais: 





132 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page